CÓLICA EQUINA

COMPREENDENDO E CONTROLANDO A CÓLICA

DONOS DE CAVALOS, ATENÇÃO! O PRINCIPAL MOTIVO DE MORTE DE CAVALOS É A CÓLICA!

Mas a cólica não é uma doença. Ela é uma combinação de sinais para indicar que o cavalo sofre dores abdominais. A cólica pode variar de leve a aguda, mas nunca deve ser ignorada.

Identificar os sinais da cólica é um dos principais problemas que um dono de cavalo pode ter. Os sinais podem variar de cavalo para cavalo e podem depender da severidade da dor. Entretanto, os sinais mais comuns são:

• Virar a cabeça na direção do flanco.

• Bater das patas.

• Chutes ou mordidas na altura do abdome.

• Animal se posiciona para urinar, mas não o faz.

• Animal se levanta e deita repetidamente.

• Animal rola violentamente.

• Animal senta como se fosse cachorro ou deita sobre as costas.

• Falta de apetite (anorexia).

• Baixar da cabeça para beber água sem fazê-lo.

• Ausência de movimento visceral tendo como evidência o baixo número de montes de estrume

• Ausência ou redução de sons digestivos.

• Suadeira

• Respiração ofegante e/ou narinas queimadas

• Batimento cardíaco elevado (Acima de 52 batimentos por minuto)

• Depressão

• Enrolar dos lábios (reação Flehmen)

• Extremidades frias

Agindo Imediatamente

O tempo é, quem sabe, o fator mais crítico para que a cólica seja tratada com sucesso. Enquanto um grande número de casos se resolvem sem intervenção médica, uma porcentagem significativa requer cuidado médico com prontidão, inclusive emergência cirúrgica. Se houver suspeita de que seu cavalo sofra de cólica o seguinte plano de ação é sugerido.

1. Remova toda a água e comida.

2. Avise seu veterinário imediatamente.

3. Esteja preparado para providenciar as seguintes informações específicas:

• Batimento cardíaco

• Respiração

• Temperatura retal

• Cor das membranas mucosas

• Tempo de enchimento dos vasos capilares (testado apertando a gengiva adjacente aos dentes, soltando e contando quantos segundos leva voltar à cor normal.

• Sinais de comportamento, como dar coice, chutar, rolar depressão, etc.

• Barulhos digestivos ou a ausência deles

• Movimentos viscerais incluindo cor, consistência e freqüência

• Qualquer mudança recente em cuidados, alimentação ou exercícios

• Histórico médico incluindo verminose e qualquer acontecimento envolvendo dor abdominal.

• Histórico de procriação e condição da gravidez caso seja uma égua, e histórico recente de procriação caso seja um garanhão

• Situação do seguro e valor do cavalo (NOTA: o portador do seguro deve ser avisado caso se considere cirurgia ou eutanasia.

• Mantenha o animal o mais calmo possível. Permita que ele deite se estiver descansando e não estiver correndo risco de se machucar.

4. Se o cavalo estiver rolando ou com comportamento violento, tente fazê-lo andar devagar.

5. Não dê drogas a não ser que for assim instruído pelo seu veterinário. Drogas podem camuflar problemas ou interferir na precisão do diagnóstico.

6. Siga à risca os conselhos de seu veterinário e aguarde a sua chegada.

Diagnosticando a Causa

Seu veterinário estabelecerá a severidade da cólica e identificará sua causa. Sua avaliação e/ou tratamento poderá incluir os seguintes procedimento.

• Observação de sinais como suadeira, distensão abdominal, respiração ofegante, narinas queimadas, comportamento anormal

• Obtenção de histórico preciso

• Passagem de um tubo no estômago para determinar a presença excessiva de gases, fluidos e

• Monitoramento de sinais vitais como temperatura, batimento cardíaco, respiração, cor das membranas mucosas, e tempo de enchimento dos vasos capilares

• Apalpar do reto em busca de evidência de bloqueio intestinal, distensões, ou outras anormalidades.

• Exame de sangue para contagem de células brancas e outras informações.

• Tapa abdominal para avaliar nível protéico e tipo celular no fluído peritônial

• Analgésicos ou sedativos para aliviar a dor

• Laxantes para ajudar a estabelecer novamente um funcionamento intestinal normal

• Observação contínua para determinar reação ao tratamento

• Transporte

• Cirurgia

Classificando a cólica

Os passos exatos que seu veterinário seguirá dependerão de seus achados. Por exemplo, algumas cólicas só podem ser curadas cirurgicamente. Apesar de existirem inúmeras causas, a maioria das cólicas se encaixa em um desses três grupo.

Disfunção Intestinal. Essa é a categoria mais comum e simplesmente significa que os intestinos do cavalo não estão funcionando adequadamente. Inclui dilatação de gases, choques, convulsões e paralisia.

I – Acidentes Intestinas. Esses ocorrem com menor freqüência e incluem deslocamentos, torções, e hérnias, por meio das quais partes do intestino ficam presas ou espremidas em cavidades do corpo. Alguns cavalos parecem ser anatomicamente predispostos a esses problemas. Acidentes intestinais quase sempre requerem cirurgia urgente.

II – Enterites ou Ulcerações. Essas cólicas são relacionadas a inflamações, infecções e lesões no aparelho digestivo. Poder ser causadas por inúmeros fatores, incluindo o estresse, doenças, salmonelas e parasitas.

Prevenindo a cólica

Enquanto cavalos parecem ser predispostos à cólica devido a anatomia e função de seus aparelhos digestivos, o cuidado pode ter um papel importante na prevenção. Ainda que nem todos os casos sejam evitáveis, o guia seguinte pode maximizar a saúde do cavalo e reduzir o risco de cólica:

• Estabeleça uma rotina diária incluindo horário de alimentação e exercícios e siga-a.

• Dê uma dieta de alta qualidade

• Evite excesso de grãos e de suplementos densos em energia. (Pelo menos metade da energia requerida pelo cavalo deve ser suprida por meio de feno ou forragem

• Divida diariamente as rações concentradas em duas ou mais refeições menores em vez de uma grande para evitar que haja sobrecarga do aparelho digestivo do cavalo. O feno é a escolha melhor e mais barata de alimentação.

• Crie um programa regular de controle de parasitas com a ajuda de seu veterinário. Utilize amostras fecais para determinar sua eficácia.

• Providencie exercícios diários

• Mude gradualmente a intensidade/duração dos exercícios

• Providencie água limpa e fresca a toda hora. (A única exceção é quando o cavalo estiver excessivamente quente. Nesse caso deve-se dar a ele pequenos goles de água morna até que se recupere.)

• Evite medicamentos, a não ser que tenham sido receitados pelo seu veterinário, especialmente analgésicos, que podem causar úlceras.

• Cheque o feno, a cocheira, o pasto e o ambiente para ver se há substâncias potencialmente tóxicas, como besouros, ervas daninhas, e outros materiais estranhos ingeríveis.

• Evite por a alimentação no chão, especialmente em solos arenosos.

• Faça mudanças na dieta e em outros cuidados o mais gradualmente possível.

• Reduza o estresse. Cavalos passando por mudanças ambientais ou cargas de trabalho têm alto risco de ter uma disfunção intestinal.

• Dê atenção especial aos animais quando estiverem sendo transportados ou quando seu meio for mudado, como em eventos.

Fonte : http://www.amigoscowboys.hpg.ig.com.br
Pesquisador do assunto: Luiz Cesar Branco

http://www.chasquedoconhaque.com.br/chasque/wp-content/uploads/2014/12/00.jpg

23 comments

  1. Gostaria de obter informação sobre o tratamento de cólica em equinos, isto não sendo cirurgico. Que tipo de medicamento poderei usar? Caso não tenha observado o animal defecar o que devo fazer?

    Agradeço!

  2. Rafaela Mazula Montenegro /

    qual procedimento devo tomar quando o cavalo é picado por uma cobra caso essa,seje venenosa?Como posso conseguir o soro antiofídico?

  3. Rafaela Mazula Montenegro /

    gostei das informações referentes a cólica é sempre bom ver que existem pessoas dispostas a dedicarem parte de seu tempo escrevendo coisas úteis sobre o manejo com cavalo.

  4. Marcos Fernandes /

    Gostaria que me informasse onde posso encontrar fotos de equinos durante e pós-cirurgia proveniente de cólica. Agradeço desde já pela atenção.

    Atenciosamente,

    Marcos Fernandes

  5. Natália Moraes /

    gostaria de saber quais são as causas mais frequentes, e as de maior importancia, de cólica nos equinos.

  6. marcos vianey /

    TIVEMOS UM CASO DE COLICA POR MA ALIMENTAÇÃO O QUAL RESULTOU EM MORTE DO ANIMAL COLICA NÃO E BRINQUEDO REALMENTE E SERIO.

  7. Deusdete Marinho /

    GRATO PELAS INFORMAÇOES GOSTEI MUINTO.

  8. gilson marcelo dos santos /

    acabei de perder um cavalo ,com cólicas fis tudo que mandaram , colocamos fumo umedecido, óleo, álcool ,com cafe , mais nao teve jeito mesmo, gostaria de mais informações a respeito por gentileza.

  9. luiz carlos /

    qual os produtos usados para colica em que o cavalo fica tapado ou entupido? (produtos usados e aplicados atraves de sonda nasogastrica)

  10. Estevão Lira /

    Fico honrado em ter essas informações.

    Muuiito obrigado pelo site.

  11. emerson luiz dos santos /

    o meu filho tem uma egua e ela esta prenha de 9 meses e 10 dias.gostaria de saber,quanto tempo e a gestaçao,ela começou a dar colicas de deitar no chao,tem algum remedio que eu posso dar pra ela,ja me indicarao o banamine mas nao sei se pode dar na gestaçao,queria mais informaçoes. obrigado.

  12. Boa tarde,gostaria de saber qual o procedimento básico para tratar colica equina?
    Devo entrar com soro e medicamento para controlar a dor?
    Diuretico seria recomendado para aliviar a pressão bexiga?
    Obrigado.
    Aguardo.

  13. roselene amorim /

    tenho uma égua que ésta prenha mais ja´passou 10 dias e ela nao ficou mojada ainda o que será´?

  14. francisco paulo /

    quero saber qual medicamento para combater a cólica porque meus animais vive em regime de pasto e a cólica começa no período da chuva o que fazer novo progresso pará e minha propriedade /obrigado??

  15. Meu pai tem um crioulo de uns 13 anos, e passou a noite retrasada deitado por cólica, e nao vimos. Ontem viramos a noite acompanhando ele, fizemos lavagem comsonda varias vezes, mas nao saiu quase nada, tentamos manter ele em pé, andando, demos leite de magnésio com laxante e ficamos o observando. Hoje ele estava andando, tomou um pouco de água, mas ainda parecia mau. O que aconteceu é meu pai exagerou no milho (e sabe disto), e durante a lavagem nao conseguimos retirar quase nada, e ele urinou, mas nao defecou ainda… Fomos atras de pastagem azevém e estamos oferecendo apenas isto ao cavalo. Pelo que eu entendo e acho, por ele ter passado uma noite deitado, talvez tenha empedrado o bolo estomacal, dificultando assim que retirássemos o conteúdo ontem com a sonda. Gostaria de saber se concorda com as iniciativas tomadas e se tem mais alguma coisa que podemos fazer pra ajudar este animal??

  16. Aniélly /

    Temo um cavalo de 14 anos. Compramos ele jah com esta idade, veio bem judiadinho pra casa. Acho que não era muito bem cuidado, mas com o tempo, dando uma boa alimentação e muito carinho, ele engordou, ficou forte e mais bonito.
    Precisamos fazer uma viajem e deixamos ele numa chacara de um colega, pra ele cuidar dele enquanto não estávamos aqui. O Rapaz deu cana moída pro nosso cavalo e quando buscamos ele, o coitadinho estava triste, andava com dificuldade. Chegando em casa, percebemos que ele deitava e levantava com frequencia. As vezes até tentava rolar no chão. Não aceitava a ração, e de vez enquando parecia querer fazer xixi mas não fazia. Ligamos para veterinária, ela então pediu para tirarmos a comida dele e esperássemos ela chegar. A nossa suspeita de que fosse cólicas foi comprovada. A Vaterin[aria então entrou com medicamentos na veia, deu vários litros de soro e durante 5 horas tratou dele. Ainda está com dores, mas estamos seguindo todas as instruções da veterinária. Deixando ele comer só verde e beber bastante liquido. Quando ele se deita, fazemos ele dar umas voltas, e estamos de olho 24 horas. Ela disse que o risco maior jah passou. Mas estamos alerta pra tudo!

  17. cesar fernandes /

    bom dia…
    queria saber qual é um medicamento bom para dar para o meu cavalo que ta com colica desde ontem..
    mim endique ai por favor qual é um medicamento bom mesmo……
    obg…

  18. quero sabé se uma equa quando ta nojada visea???

  19. carlos dante jacobsen /

    perdi uma potra com colica a uma semana por falta de socorro proficional oque posso fazer ate o veterinario chegar alem de camineterinario chegaro vhar com ele dar anti inflamatorio analgesico pasar sonda nasogastrica ha mais algo que posso fazer ate o veterinario chegar feliz natal a todos

  20. magna rocha /

    EU PERDIR UM CAVALO HA POUCO TEMPO POR CAUSA DA COLICA GOSTARIA DE SABER SI EXISTE ALGUM TIPO DE CAPIM QUE PREJUDICA ISSO?

  21. gabriel dantas cuzzuol /

    meu cavalo nao come ração, e sua alimentaçao e exclusiva de forrageiras e legumenosas que ele encontra em seu abtate.e vem apresentando ums sintomas de colicas leve, ele esta se alimentando , bebendo agua com frequencia,facilidade para urinar e defecar. o mesmo deita de forma agreciva rola e geme de dor, apos a medicação feita com FINILBUTAZONA OF ja aparenta melhoras mais e tudo meio duvidozo pelo fato de nao ser um animal confinado em baia!!!

  22. alexandre lopes /

    minha egua foi picada por uma cascavel e ela tava quase nos dias de parir.quero saber se ela corre o risco de perde ou ja perdeu

  23. Alberto Almeida /

    Cavalo que anda com aquele barulho na bexiga que dizer algum problema? Grato

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cultura teste « Chasque do Conhaque - [...] CÓLICA EQUINA [...]

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>